BENEFÍCIOS DA GELEIA REAL

Geleia real é o nome que se dá a substância que as abelhas operárias produzem para alimentar a abelha rainha durante toda a sua vida. A abelha rainha, embora geneticamente igual às operárias, vive em média cinco anos, enquanto as abelhas operárias têm um ciclo de vida de 45 dias, graças ao benefício de sua alimentação, já que a abelha rainha se alimenta exclusivamente de geleia real durante toda a sua vida.

A geleia real é considerada um super alimento, porque apresenta de maneira muito concentrada água, açúcar, proteína, gordura e uma grande variedade de vitaminas em especial A, B, C e E, além de minerais como enxofre, magnésio, ferro e zinco.

 

BENEFÍCIOS DA GELEIA REAL

  • Ação afrodisíaca - ajuda a melhorar o desejo sexual e consequentemente o desempenho sexual por melhorar a circulação sanguínea; 
  • Ação estimulante e fortificante - ajuda no desenvolvimento das crianças e melhorar a saúde de idosos;
  • Acelerar a recuperação após uma cirurgia; 
  • Melhorar a memória e concentração porque tem ação tonificante o organismo físico e mental;
  • É um antibiótico natural que pode ser usado para complementar o tratamento indicado pelo médico;
  • Combate a depressão e melhora o vigor e a alegria; 
  • Aumenta as defesas naturais do corpo, auxiliando no combate a doenças;
  • Rejuvenesce a pele.

 

Diversos estudos têm confirmado as propriedades nutritivas e energéticas desta substância natural, assinalando-a como a mais rica em elementos vitais para a saúde, e um poderoso reconstituinte do estado geral do organismo.

 

PROJETO DE PROTEÇÃO DAS ABELHAS

Nos últimos anos, notícias sobre a redução da população de abelhas alertou para a necessidade de dinamização de atividades de prevenção e de proteção da espécie. Consciente das virtudes dos produtos da colmeia sobre a saúde e do papel essencial das abelhas na biodiversidade e no ecossistema, a marca Arko Real dos Laboratórios Arkopharma tem apoiado ações do projeto «Uma casa para asabelhas».

Uma iniciativa de responsabilidade social desenvolvida em prol dos apicultores, na manutenção e proliferação dos apiários. «Quando as abelhas desaparecerem da face da terra, o homem tem apenas quatro anos de vida», já alertava Albert Einstein. «O destino do homem está ligado ao das abelhas, insetos polinizadores essenciais ao equilíbrio da natureza. De tal forma que o seu desaparecimento seria um desastre ecológico, com consequências sobre a agricultura, recursos alimentares, espécies vegetais e animais», justifica a empresa.